Pedido de casamento na lua custa 125 milhões

Em 2022 vai ser possível fazer pedidos de casamento na base lunar ao som de Frank Sinatra. Só para quem pode...
Este é o cenário que os casais podem encontrar durante o pedido
Este é o cenário que os casais podem encontrar durante o pedido
Foto: Direitos Reservados
10 jul 2018 • 01:30
Miguel Azevedo
Frases românticas como "gosto de ti daqui até à lua", "leva-me ao céu" ou "contigo até vejo estrelas" vão deixar de ser elogios sem conteúdo ou sem aplicação prática. É que, a partir de 2022, vai ser possível, aos mais românticos, passar das palavras aos atos e fazer, por exemplo, um pedido de casamento sobrevoando a superfície da lua.

A ideia é da agência parisiense ApoteoSurprise, especializada precisamente em organizar propostas de casamento extravagantes. Neste caso, os mais afoitos terão à sua disposição um voo espacial de uma semana a bordo de uma cápsula autónoma, que permite ao casal voar sozinho e ter toda a sua privacidade. Tudo isto feito ao som de ‘Fly Me Too The Moon’ de Frank Sinatra.

A cápsula fará uma trajetória similar à da lendária missão Apolo 8, de 1968, viajando a uma velocidade até 38 mil km/h e estará equipada com oito câmaras para imortalizar o pedido de casamento.

A única desvantagem será mesmo o preço, bastante mais caro do que uma caixa de bombons ou um jantar à luz das velas.

É que uma brincadeira destas deverá custar qualquer coisa como 125 milhões de euros.
Mais sobre
Newsletter
topo