Pedro comenta depressão de Savate e atira: "Lá dentro há pessoas que tomam comprimidos para dormir"

Ex-concorrente reagiu aos rumores que dão conta que Savate toma medicação para se acalmar.
Pedro Big Brother
Bruno Savate
Pedro Fonseca do 'Big Brother'
Pedro do 'Big Brother'
Pedro Big Brother
Bruno Savate
Pedro Big Brother
Pedro Big Brother
Bruno Savate
Pedro Fonseca do 'Big Brother'
Pedro do 'Big Brother'
Pedro Big Brother
Bruno Savate
Pedro Big Brother
09 fev 2021 • 15:14
Pedro Fonseca foi o concorrente expulso da casa do 'Big Brother - Duplo Impacto' no último domingo. Após sair da casa mais vigiada do país, o antigo ilusionista falou sobre os rumores que dão conta que Bruno Savate toma medicação para se acalmar e não hesitou em lançar farpas a alguns concorrentes. 

O ex-concorrente começou por desmentir os rumores: "Não vi nada disso (...) Achei muito mal estarem a falar nisso, que o rapaz andava a tomar comprimidos para se acalmar. Não era nada disso que se passava", afirmou. À conversa com a imprensa, Pedro revelou que Savate lhe contou que, recentemente, teve uma depressão por causa da morte de um gato. "Quando ele falou da proteção dos animais, ele contou que tinha tido um gato (que morreu). Depois esteve sozinho em casa na quarentena e começou a ficar deprimido. Teve de fazer esse tratamento, como pode acontecer com qualquer pessoa. Eu fui dar-lhe um abraço e perguntei-lhe 'foi só o gato ou teve mais coisas?' E ele disse que foi uma fase da vida que esteve mal e a morte do gato foi o despoletar dessa situação. Aí até o compreendi melhor", contou.
"Ainda está a ser acompanhado, mas acho que está uma pessoa diferente, mais calma", acrescentou. 

Questionado sobre se alguma vez viu o amigo a tomar medicação, Pedro explicou: "Não vi nada disso, mas ele disse-me que estava a ser acompanhado ainda". Todavia, o ex-concorrente não se ficou por aqui e foi mais longe ao lançar farpas a alguns concorrentes do programa. "Lá dentro há muitas pessoas que tomam comprimidos para dormir e a produção evita falar nisso", garantiu, acrescentando que algumas pessoas tomam Valdispert, medicamento para casos temporários de ansiedade ligeira e dificuldade em adormecer.

Recorde-se que Pedro Fonseca recusou-se a sair da casa mais vigiada do país ao saber que tinha sido expulso e atirou-se para a piscina. 
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo