Pedro Miguel Ramos arrasado: divórcio coincidiu com a morte da mãe

Decisão tomada pela atriz de acabar com o casamento de 15 anos apanhou o marido de surpresa e coincidiu com a morte da sua mãe
Pedro Miguel Ramos e Fernanda Serrano
Pedro Miguel Ramos e Fernanda Serrano
01 fev 2020 • 12:04
Pedro Miguel Ramos viveu uma das piores fases da sua vida em março do ano passado. É que, além de ter sido surpreendido com a decisão de Fernanda Serrano de terminar com o casamento de 15 anos, o empresário ainda teve que lidar com a morte da mãe.
"Ele sofreu mesmo bastante.

Estava completamente transtornado e sem saber lidar bem com a situação", contou um amigo de Pedro Miguel Ramos à ‘Vidas’. Na altura, o ex-companheiro de Fernanda Serrano usou as redes sociais para lhe prestar uma homenagem. "Minha querida mãe, meu grande amor, a tua eterna força, capacidade de sofrimento, humildade de sentimentos e honestidade são as verdadeiras referências para toda a família. O brilho do teu olhar vai estar sempre a guiar a visão dos teus filhos. Descansa finalmente em paz junto do pai. Amo-te". Fátima Ramos estava há 15 anos acamada na sequência de um trágico acidente de viação, onde o pai de Pedro Miguel Ramos perdeu a vida.

O desastre aconteceu na A1, apenas uma semana depois do casamento do empresário com Fernanda Serrano.
Fernanda Serrano acabou por anunciar publicamente a rutura em junho.

Pedro Miguel Ramos, de acordo com outro amigo, pensou que ia ultrapassar, mais uma vez, a crise na relação. "Diz-se que a Fernanda viveu um pesadelo nos últimos anos de casamento, mas só nos últimos seis meses é que houve uma separação efetiva. O Pedro amou muito a Fernanda e lutou até ao fim pelo casamento e pela família."

NOVO NAMORADO
A mesma fonte revela que a aproximação de Fernanda Serrano ao personal trainer Fernando Pereira precipitou a separação. "Pouco tempo depois de o Pedro ter saído de casa houve o aniversário conjunto de duas das filhas deles e a Fernanda já levou o Ricardo à festa, em casa. Ele ficou magoado.Claro que, na altura, o Pedro somou um mais um".
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo