Pedro Soá explica desistência do 'Big Brother': "Tomava uma medicação muito pesada"

Concorrente abandonou o reality show no último domingo.
Pedro Soá
Pedro Soá
Pedro Soá, concorrente do 'Big Brother'
Pedro Soá
Pedro Soá
Pedro Soá
Pedro Soá, concorrente do 'Big Brother'
Pedro Soá
26 jan 2021 • 11:50
Após desistir do 'Big Brother -Duplo Impacto' no passado domingo, dia 24 de janeiro, Pedro Soá explicou à imprensa, porque decidiu abandonar a casa mais vigiada do país. 

"Para mim não correu nada mal, correu tudo bem. Eu estava a fazer uma ótima participação, dentro daquilo a que me propus", disse.

No entanto, o concorrente acabou por confessar o que o motivou a sair da casa da Ericeira. "Tenho uma doença praticamente desde que nasci, rinite alérgica crónica e eczema atópico", revelou, acrescentando que costuma fazer medicação para atenuar os sintomas, mas a dada altura já não conseguia dormir.  O "stress, a ansiedade e a alimentação" que sentia dentro da casa também não ajudavam. 

"Tudo isto era uma bomba relógio e podia ou não ser controlado", afirmou. "Tomava uma medicação muito pesada que me dava sono. Tomava doses de cavalo porque sabia que tinha de estar pronto para o jogo no dia seguinte. Começou a ser muito complicado para mim porque tinha de andar a tomar medicação, tinha de andar a por cremes, à noite não dormia…", acrescentou. 

"Eu já estava num tal estado elevado de doença que tinha de estar pelo menos um mês a ser tratado para voltar ao estado normal. Então o que é que eu ia estar a fazer dentro da casa?", questionou. 

A saúde foi o que o motivou a abandonar o reality show, mas apesar disso, Pedro confessou que esteve mais forte a nível psicológico do que quando participou no 'Big Brother 2020', onde foi expulso devido ao comportamento agressivo. 
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo