Pipoca Mais Doce preocupada com o filho por causa do divórcio

"O Mateus mudou um bocadinho o seu comportamento", alertou a influenciadora.
Ana Garcia Martins
Pipoca Mais Doce explicou fim do casamento em podcast
Pipoca mais doce
Pipoca Mais Doce
Ana Garcia Martins
Pipoca Mais Doce explicou fim do casamento em podcast
Pipoca mais doce
Pipoca Mais Doce
21 jun 2021 • 18:42
As revelações de Ana Garcia Martins, conhecida como Pipoca Mais Doce, continuam a dar que falar. No novo episódio do podcast 'Separados de Fresco' revelou as primeiras consequências do divórcio de Ricardo Martins Pereira, com quem tem dois filho, Mateus e Benedita.

"Contei à minha mãe, optei por não contar ao meu pai que já estava doente e achei que não precisava de mais preocupações. Contei-lhe: 'Estou separada. Já está cada um a viver na sua casa'. Ela respondeu-me: 'Sabes? Os meninos é que sofrem com isto porque eles já percebem'".

Consciente das preocupações da progenitora, a ex-comentadora do 'Big Brother' reconhece que este é também um processo desafiante para as crianças. "Eu acho que eles se adaptam, não quer dizer que não sintam e que não manifestem tristeza. Acho que o Mateus [o filho mais velho] mudou um bocadinho o seu comportamento e acho que pode ter a ver com essa mudança de realidade".

As mudanças do menino estão a preocupar os pais. "Temos estado ambos atentos para tentar minimizar a dor que este processo possa causar. Acredito que possa custar. E que veja os pais bem e felizes. Acho que os míudos estão bem".

Pipoca admite, ainda, que os filhos possam recorrer a apoio médico no futuro. "Vai acabar num psiquiatra aos 19 anos? Acho que vamos todos. Eu estou no psicólogo e os meus pais nunca se divorciaram. A culpa vai ser sempre dos pais".

Ana Garcia Martins e Ricardo Martins Pereira estão separados desde janeiro. Uma possível tentativa de reconciliação esteve em cima da mesa, mas o empresário recuou e deu-se a rutura definitiva. Entretanto, o ex-marido da influenciadora assumiu uma nova relação.

Já Pipoca têm vivido dias difíceis. Primeiro com a separação e logo a seguir com a morte do pai, que já estava doente. 

"A vida tem sido tão certeira a enfiar-me chapadas nestes últimos tempos (daquelas que os dedos ficam marcadinhos na tromba), que estou a pensar ficar debaixo do edredon até 2021 passar. Estou assim meio anestesiada, entre o incrédula e resignada, e nem sequer comecei a beber", apontou nas redes sociais.
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo