Popularidade das irmãs Kardashian pode acabar em breve

Marcas preferem trabalhar com quem promove temas relevantes.
Popularidade das irmãs Kardashian pode acabar em breve
Popularidade das irmãs Kardashian pode acabar em breve
Foto: DR
20 ago 2021 • 01:30
Afinal, a influência de figuras como as irmãs Kardashian pode não durar para sempre.

Um estudo da consultora Deloitte sobre os Millennials e a chamada Geração Z (os nascidos entre 1995 e 2010) diz que são jovens mais comprometidos com o ambiente e empenhados na procura de uma sociedade mais justa e equilibrada. Por isso, fenómenos como as Kardashian podem ter os dias contados.

A atitude desta nova geração, cujos elementos mais velhos têm agora 26 anos, traduz-se numa certa "falta de paciência para influenciadores sem conteúdo", diz Geraldine Wharry, especialista em tendências, citada pelo jornal britânico ‘The Guardian’.

"É esperado que os influenciadores sejam mais autênticos do que nunca. A transparência é exigida. Os influenciadores podem facilmente ser alvo de críticas se usarem termos historicamente errados, por exemplo", acrescentou Geraldine Wharry. Um artigo da revista ‘Vogue Business’ mostra também a mudança de paradigma: as marcas estão cada vez mais interessadas em ligar-se a "genuinfluencers", não se "limitando a procurar alguém conhecido que promova produtos e preferindo trabalhar com quem promove ideias e temas relevantes".
Mais sobre
Newsletter
topo