Princesa Diana sofreu de bulimia

Diana diz que Carlos a chamou de gorda após o casamento. Tentou cortar os pulsos com uma lâmina.
Carlos e Diana casaram-se em julho de 1981 e tiveram dois filhos, William e Harry. Divorciaram-se em 1996
13 jun 2017 • 01:30
Nelson Rodrigues
Faz em agosto 20 anos que a princesa Diana morreu num aparatoso acidente de carro em Paris. A poucos meses de se assinalar a data, o jornalista Andrew Morton revelou aos jornais britânicos partes de uma entrevista gravada pela princesa, em que fala de várias situações que ocorreram durante o casamento com Carlos. Neste testemunho, a ‘princesa do povo’ conta que lutou contra a bulimia nervosa e que tentou cortar os pulsos com uma lâmina.

Nas declarações, Diana diz que a bulimia começou uma semana após o casamento, em 1981, quando o príncipe Carlos lhe chamou ‘gorda’ pela primeira vez. "O Carlos colocou a mão na minha cintura e disse: ‘Está um pouco gordinha, não está?’. Foi devastador, esse comentário", descreveu.

A princesa diz que o comentário a perturbou de tal forma que resolveu perder peso através da bulimia. Diana, que foi casada com Carlos até 1996, recorda ainda que depois surgiram comentários opostos, que a levaram ao desespero. "Estava muito magra. As pessoas comentavam que se viam os meus ossos. Estava tão deprimida que tentei cortar os pulsos com lâminas de barbear", revelou.

Diana disse ainda nas gravações que desde que se casou se sentiu sempre "renegada", "doente", "em terceiro plano" e "debilitada". "No batizado do William fui completamente ignorada. Senti-me desesperada", recorda. A princesa afirmou que quando soube que estava grávida de William se recusou em tomar medicamentos para a depressão para não prejudicar o bebé. Assume que não foi uma gestação fácil, que teve uma depressão pós-parto e que vivia atormentada com o romance de Carlos com Camilla.
Mais sobre
Newsletter
topo