Príncipe Harry prepara documentário polémico sobre a morte da mãe

Harry acredita que a princesa Diana não teve um acidente mas que foi assassinada.
Príncipe Harry e a mulher, Meghan Markle
Príncipe Carlos e Princesa Diana
Princesa Diana
Príncipe Harry e a mulher, Meghan Markle
Príncipe Carlos e Princesa Diana
Princesa Diana
05 set 2020 • 15:45
Numa altura em que se assinalam 23 anos da morte da princesa Diana, várias revistas internacionais avançam com capas sobre a partida prematura de Lady Di. A ‘Star’ divulga agora que o príncipe Harry está a trabalhar num documentário polémico, em que vai relatar aquela que acredita ser a verdade sobre o acidente de automóvel que vitimou a mãe. Segundo a publicação, o príncipe acredita que Diana foi assassinada e quer contar tudo aquilo que sabe sobre o fatídico dia.

"Este sempre foi um assunto tabu na família real e o Harry sempre achou que a avó [a rainha de Inglaterra] e o pai [o príncipe Carlos] não fizeram o suficiente para saber o que aconteceu no acidente da mãe. Ele não se conforma e quer ir mais longe", diz uma fonte, acrescentando que, agora que abandonou os deveres reais, Harry sente que está livre para "honrar a memória da mãe".

O apoio de Meghan
De acordo com a mesma publicação, Meghan Markle tem um papel determinante neste documentário polémico, uma vez que incentivou o marido a "libertar-se dos fantasmas e do peso da família" e fazer aquilo que considera certo. "Ela acha que nunca ninguém fez o suficiente e está a apoiar Harry em tudo". Principalmente em relação aos contactos com Hollywood. "O contributo da Meghan neste campo é fundamental. Ela é que tem os contactos e a experiência", diz a fonte.

O casal mostra-se cada vez mais adaptado à vida nos Estados Unidos e já tem uma casa nova, onde vive com a mãe da duquesa, Doria, que ajuda a cuidar do pequeno Archie.
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo