Quintino afastado do Big Brother acusa TVI de perseguição: "Começou antes de a Cristina chegar"

Na CMTV, o psicólogo tentou justificar o controverso comentário que proferiu sobre o concorrente Bruno D’Almeida.
Ex-comentador do ‘Big Brother’ explicou a polémica no estúdio da CMTV
Ex-comentador do ‘Big Brother’ explicou a polémica no estúdio da CMTV
Foto: CMTV
18 set 2021 • 01:30
Vanessa Fidalgo
Não me arrependo e voltava a dizer", afirmou em entrevista ao jornalista da CMTV José Carlos Castro, ontem, no ‘CM Jornal 20H’, o psicólogo e ex-comentador do ‘Big Brother’ Quintino Aires, sobre o facto de ter apelidado de "bicha desocupada" o concorrente do reality show e ativista gay Bruno D’Almeida.

"Chamam-me muitas vezes ‘bicha’. Não é crime dizer que não se gosta de homossexuais", afirmou Quintino Aires, salientando que o termo "usa-se entre homossexuais" e que, embora não o utilizasse durante o dia ou em horário nobre na televisão, o facto de ter sido proferido "à meia-noite, num comentário mais descontraído", retira-lhe peso.

Afirmando que "a perseguição na TVI começou antes de a Cristina lá chegar", o psicólogo só lamenta a forma como tomou conhecimento da decisão do canal de dispensar os seus comentários - através de uma mensagem de uma amiga - e já depois de o canal de Queluz de Baixo ter emitido um comunicado. "É uma questão de educação esperarem que pudesse atender o telefone para dizerem que tinha sido despedido", disse o psicólogo.

No dia seguinte, por telefone, Cristina Ferreira terá lamentado a situação.
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo