R. Kelly usou fama para crimes sexuais

Cantor e compositor foi condenado a 30 anos de prisão por vários abusos sexuais.
R. Kelly
R. Kelly
01 jul 2022 • 01:30
Após décadas de polémicas, suspeitas e rumores, R. Kelly, de 55 anos, foi condenado a 30 anos de prisão por abuso sexual. O júri do tribunal federal de Brooklyn, em Nova Iorque, condenou o cantor após ouvir acusações de que terá usado assessores e agentes para conhecer raparigas e mantê-las em silêncio. Terá usado, segundo a acusação, a sua "fama, dinheiro e popularidade" para, sistematicamente, "atacar crianças e mulheres jovens para sua própria satisfação sexual". Antes de revelar a pena, a juíza disse que o comportamento de Kelly foi violento e "cuidadosamente planeado", e que a sociedade precisava ser protegida dele. Além da condenação R. Kelly vai ser submetido a um tratamento para distúrbios sexuais e psicológicos. Em tribunal, não prestou declarações.
Mais sobre
Newsletter
topo