Rainha Isabel II morreu de "velhice"

Certidão de óbito revela que monarca morreu devido à idade avançada, três horas antes de a notícia ter sido tornada pública.
Rainha Isabel II morreu aos 96 anos no Castelo de Balmoral
Isabel II
Foto: REUTERS
30 set 2022 • 01:30
Carolina Cunha
Três semanas após a morte da rainha Isabel II foi divulgado um excerto da certidão de óbito que revela a sua causa de morte. A monarca britânica morreu de “velhice”, diz a certidão de óbito publicada esta quinta-feira pelo ‘National Records of Scotland’. O diretor do Instituto dos Registos e Notariado da Escócia confirmou que a morte (a 8 de setembro) foi registada oficialmente dia 16 no concelho escocês de Aberdeenshire. Além de tornar pública a causa da morte, o documento dá conta da hora do óbito, que até ao momento era desconhecida. Isabel II, de 96 anos, morreu às 15h10 (hora local), cerca de três horas antes de a notícia ter sido anunciada pelo Palácio de Buckingham. No mesmo documento é ainda possível ver que o óbito foi registado pela filha, a princesa Ana.

No dia da morte da rainha, os quatro filhos da soberana, Carlos, Ana, André e Eduardo, assim como o neto William e Harry, deslocaram-se ao Castelo de Balmoral, na Escócia, um dos locais de eleição da rainha onde morreu “pacificamente”.

Recorde-se que as cerimónias fúnebres decorreram ao longo de dez dias e o funeral realizou-se a 19 de setembro. A casa real já terminou o período de luto e retomou a agenda oficial.
Mais sobre
Newsletter
topo