Rainha Isabel II reage a surto de coronavírus: "Estou certa de que estamos a altura deste desafio"

A monarca mostrou confiança em vencer este pesadelo que está a ensombrar o mundo, num comunicado oficial.
Rainha Isabel II
Rainha Isabel II
20 mar 2020 • 18:56
A rainha Isabel II reagiu em comunicado oficial sobre o surto de coronavírus que se faz sentir. 

A monarca informou já estar em Windsor, juntamente com o príncipe Philip, e apelou à população para que se proteja contra a pandemia.

"Enquanto Philip e eu chegamos a Windsor hoje, sabemos que muitas pessoas e famílias em todo o Reino Unido e em todo o mundo estão a entrar num período de grande preocupação e incerteza. Todos somos aconselhados a mudar as nossas rotinas normais e padrões de vida regulares para o bem das comunidades em que vivemos e, em particular, para proteger os mais vulneráveis dentro delas", pode ler-se no comunicado.

"Em momentos como estes, lembro que a história de nossa nação foi forjada por pessoas e comunidades que se uniram para trabalhar como uma só, concentrando os nossos esforços combinados com foco no objetivo comum", disse ainda a avó do príncipe William e do príncipe Harry, que garante que estão "extremamente gratos pela experiência e compromisso dos cientistas, médicos e serviços públicos e de emergência". 

"Agora, mais do que em qualquer outro momento do nosso passado recente, todos temos um papel de vital importância a desempenhar como indivíduos – hoje e nos próximos dias, semanas e meses", continua.

"Muitos de nós precisarão de encontrar novas maneiras de manter contacto uns com os outros e garantir que os entes queridos estão seguros. Estou certa de que estamos à altura desse desafio. Garanto que a minha família e eu estamos prontos para fazer a nossa parte", concluiu a mãe do príncipe Carlos e do príncipe André.

Assim, a rainha Isabel II, de 92 anos, que pertence ao grupo de risco nesta doença por ter uma idade avançada, não escondeu a preocupação, mas mostra-se confiante em vencer este pesadelo.

Recorde-se que, a propósito da propagação do coronavírus, também foi anunciado que os filhos de Kate Middleton e do príncipe William, que estão afastados da escola, vão começar a ter aulas a partir de casa.

Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo