Rainha Sofia isola-se para fugir a humilhação

Monarca está fechada em casa há semanas, mas não por causa do coronavírus.
Rainha Sofia
Rainha Sofia estará ao lado do marido, no hospital
Rainha Sofia
Rainha Sofia estará ao lado do marido, no hospital
23 mar 2020 • 01:30
Sónia Dias

Numa altura em que a família real espanhola atravessa uma das piores crises de sempre, todos se questionam sobre o paradeiro da rainha Sofia. A ameaça do novo coronavírus tem sido uma justificação para a sua ausência, mas segundo a imprensa espanhola os motivos que levaram a monarca a fechar-se em casa são outros.

Parece que Sofia está cansada dos escândalos que têm manchado a reputação da sua família, começando pelas traições do marido, Juan Carlos, de 82 anos. Ainda assim, a rainha, de 81, nunca abandonou o companheiro, com quem está casada há 58 anos, apesar de fazerem vidas separadas há muito tempo. Por este motivo, Sofia terá encarado a decisão de Felipe VI em renunciar a herança do pai, acusado de corrupção, e cortar-lhe mesada real, como uma traição. De um momento para o outro, ela viu o seu núcleo familiar desmoronar-se.

Letizia como confidente
Os Borbón, que durante anos se esforçaram para manter uma imagem de união inabalável, estão agora de costas voltadas. Sofia, que sempre sofreu em segredo e nunca deixou que os escândalos abalassem esta ilusão, está arrasada. Ela que perdoou as traições do marido e que até se viu obrigada a conviver com Corinna Larsen, uma das amantes do rei emérito, da qual chegou a ser grande amiga. Mais tarde, foi Letizia quem se tornou na sua maior confidente. Contudo, neste momento delicado, Sofia não pode contar com a nora, que se encontra de quarentena depois de ter estado com a ministra da Igualdade, Irene Montero, que está infetada com Covid-19.

Acusado de ter um filho bastardo
Os escândalos em torno de Juan Carlos sucedem-se. Depois de ter sido tornado público que o rei emérito doou, em 2012, à ex-amante, Corinna Larsen, 65 milhões de euros, há agora uma questão pessoal a ser levantada. A relação entre Juan Carlos e o filho de Corinna está a ser questionada e, em Espanha, há já quem diga que se trata de um "filho bastardo".

Alexander Kyrill zu Sayn-Wittgenstein, de 18 anos, está nas bocas do Mundo. Segundo Corinna, Juan Carlos quis presentear o seu filho pelo 10º aniversário e compensá-lo pelo facto de não terem feito o safari no Botswana que tinham planeado, em 2012.

Contudo, nessa altura Juan Carlos sofreu um acidente durante uma caçada ao elefante e fraturou a anca. Algo que gerou polémica e que o obrigou a pedir desculpas.

Felipe VI vira as costas ao pai
O rei de Espanha, Felipe VI, renunciou a qualquer futura herança do pai, o rei emérito Juan Carlos, depois de serem reveladas supostas irregularidades financeiras envolvendo o ex-monarca. Felipe retirou-lhe, também, as ajudas de custo anuais que recebia da Casa Real.

Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo