Raminhos sofre ataque de pânico: "Naquele momento morri"

O humorista já tinha revelado sofrer de ansiedade e transtorno obsessivo compulsivo.
António Raminhos
António Raminhos
António Raminhos
António Raminhos
António Raminhos e a mulher, Catarina
António Raminhos com a mulher e as filhas
António Raminhos
António Raminhos
António Raminhos
António Raminhos
António Raminhos e a mulher, Catarina
António Raminhos com a mulher e as filhas
07 set 2020 • 12:33
António Raminhos já tem vindo a desabafar com os milhares de seguidores sobre sofrer de ataques de ansiedade. Desta vez, no passado domingo, o humorista partilhou mais um episódio relacionado com o tema que o deixou em pânico.

"Sexta feira foi provavelmente um dos dias mais tristes da minha vida em relação a ansiedade e ao transtorno obsessivo compulsivo", começou por partilhar através das redes sociais.

"Fiquei frente a frente a um dos meus maiores medos", disse, sem entrar em detalhes a respeito da situação que viveu e que o deixou atormentado, garantindo que "não interessa o que foi" pois "qualquer que seja a "fonte" o resultado é o mesmo".

"A minha mulher, que me viu, diz que não parecia eu", adiantou, revelando que se sentiu "assustado, desorientado".

"Naquele momento morri. Estava condenado à morte e sem futuro. Sem saber o que fazer. Já levo muitos anos nisto e muito trabalho mas às vezes é como remar com calma e perseverança e, de repente, vem um tsunami. E isso magoa. Sinto-me triste, revoltado, abandonado, incompreendido e vazio", continuou.

"Mesmo em baixo, a minha preocupação foi não sofrer em silêncio", afirmou o comediante que confessou ter recorrido à ajuda do terapeuta e psiquiatra porque "claramente" precisa de "um apoio" para se "trabalhar melhor".

"Apoio para descobrir-me com mais calma. E porque sei que a maravilha da vida é esta: Cada dia é uma hipótese de respirar fundo", escreveu. 

Raminhos contou que em vez de ficar "fechado, isolado ou internado" decidiu ir passear no fim-de-semana para lutar contra o estado em que ficou.

O vencedor da categoria 'Sexy Net' do passatempo 'Sexy Vidas' da CMTV garantiu que não fez o desabafo para receber mensagens de força por parte dos admiradores, mas para alertar a "procurarem ajuda sem medos nem vergonhas". 

"Isto é simples. Se têm um pneu furado, quanto mais tempo andarem assim são piores, mesmo que demore mais tempo. Quando vocês procuram essa ajuda, entendem uma coisa: Todos somos estranhos até perceber que isso é normal", terminou.

Perante a publicação, Raminhos rececebeu centenas de mensagens de apoio e compreensão por parte dos seguidores, que mais uma vez se identificaram com o problema de saúde e agradeceram as palavras ao artista.
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo