Rihanna doa mais de quatro milhões de euros para ajudar na luta contra o coronavírus

A cantora mostrou-se solidária com a situação que está a abalar o mundo e apoiou várias instituições.
rihanna
rihanna
Foto: Direitos Reservados
23 mar 2020 • 19:05
Rihanna doou 4,67 milhões de euros, através de uma fundação, a várias organizações humanitárias e de saúde, para ajudar a combater a epidemia de coronavírus que se faz sentir por todo o mundo.

O gesto solidário da cantora de 32 anos surge depois de outras celebridades terem apoiado a luta contra a doença. A artista não ficou indiferente e decidiu também dar o seu contributo. 

A ajuda veio através da Fundação Clara Lionel, criada pela estrela pop em 2012 e batizada em homenagem aos seus avós, fundação que apoia programas de emergência por todo o mundo. 

O anúncio do gesto solidário de Rihanna foi feito no passado sábado, dia 21 de março, e foi garantido que o dinheiro já está a ser distribuído por várias instituições. 

"Não interessa quem és, de onde vens. Esta pandemia vai afetar-nos a todos. E para os mais vulneráveis, o pior pode ainda estar por vir", avançou a fundação em comunicado, publicado através das redes sociais.

A ajuda monetária por parte de Rihanna vai além da população dos Estados Unidos. Dirigida a apoiar bancos alimentares locais, fornecer equipamentos a vários profissionais de saúde na linha da frente do combate ao surto e a proteger as comunidades nativas na luta contra o vírus, parte da verba doada vai ainda acelerar o ritmo de testes em países como o Haiti e o Malawi.

Recorde-se que Rihanna foi considerada uma das mulheres mais ricas da América no ano passado, e lidera a lista das cantoras mais ricas do mundo, com uma fortuna avaliada em 600 milhões de dólares (cerca de 560 milhões de euros, no câmbio atual). 


Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo