Rita defende Angélico em tribunal

Atriz testemunhou em Aveiro e falou sobre a relação com o ex-namorado.
Rita Pereira
Foto: Duarte Roriz
21 out 2016 • 08:51
Rita Pereira, de 34 anos, esteve esta quinta-feira no Tribunal de Aveiro como testemunha num processo de indemnização pedido por Armanda Leite, amiga de Angélico Vieira, que seguia no carro do cantor aquando do trágico acidente e, desde então, continua numa cadeira de rodas.

Rita respondeu a várias perguntas sobre o ex-namorado e explicou que, apesar de já não ter uma relação com o cantor na altura do acidente, os dois mantinham "uma boa amizade".

Questionada sobre o tipo de condução de Angélico, Rita não hesitou e saiu em defesa do cantor. "Ele era apaixonado por carros mas tinha uma condução consciente."

A atriz voltou a recordar a madrugada em que recebeu a notícia do aparatoso acidente e de como teve de avisar a família do cantor.

Armanda, a jovem que sobreviveu ao acidente, está a pedir aos pais de Angélico uma indemnização de 5,7 milhões de euros.
Mais sobre
Newsletter
topo