Rogério Samora fora dos Cuidados Intensivos após mais de dois meses de internamento

Ator transferido para os Cuidados Continuados do Amadora-Sintra. Tinha sofrido duas paragens cardiorrespiratórias.
A carregar o vídeo ...
Informação foi confirmada por fonte do gabinete de comunicação do hospital Amadora-Sintra, onde se encontrava internado.
29 set 2021 • 01:30
Vanessa Fidalgo e Carolina Marques Dias
"É uma luz que se acende ao final do túnel." As palavras são de Carlos Samora, primo de Rogério Samora, ao Correio da Manhã, após receber a notícia de que o ator foi transferido da Unidade dos Cuidados Intensivos para os Cuidados Continuados do hospital Amadora-Sintra onde estava há mais de dois meses, após ter sofrido duas paragens cardiorrespiratórias durante as gravações da segunda temporada da novela ‘Amor Amor’, da SIC.

Rogério Samora, de 62 anos, continua "estável e com prognóstico reservado", conforme revelou o familiar. Já uma fonte do gabinete de comunicação do hospital Amadora-Sintra disse ao CM que esta transferência "significa apenas que ele precisa agora de cuidados diferenciados de enfermagem".

Esta mudança para a Unidade dos Cuidados Continuados não foi uma novidade para Carlos Samora que já tinha sido alertado pela unidade hospitalar para esta possibilidade. "Já me disseram que ele não pode ficar para sempre nos Cuidados Intensivos. Logo que haja disponibilidade vão transferi-lo para os Cuidados Continuados e depois para um centro exterior, que é o que estamos a tratar", disse Carlos Samora no início de setembro, a Júlia Pinheiro, no ‘Júlia’, da SIC. Ao CM, o familiar do artista garantiu que ainda não sabe quanto tempo o primo vai estar nos Cuidados Continuados, antes de ser transferido para uma clínica, e que tal depende da "avaliação médica".

Carlos Samora já foi avisado pelos médicos que Rogério vai precisar para o resto da sua vida de cuidados de terceiros. "Os médicos já me disseram que o Rogério nunca mais vai ser o mesmo."
Mais sobre
Newsletter
topo