Ronaldo e Georgina dão sinais de tensão no início do ano

Craque português e a espanhola parecem ter cedido à pressão no arranque de 2020. Depois do aniversário conturbado de Dolores Aveiro, Gio andou desaparecida
Georgina Rodriguez e Cristiano Ronaldo
Georgina Rodriguez e Cristiano Ronaldo
Foto: Direitos Reservados
25 jan 2020 • 13:04
A festa de aniversário de Dolores Aveiro, no Funchal, no último dia de 2019, parece não ter sido um fator de união para a família, como Cristiano Ronaldo desejaria. Apesar de ter juntado a mãe e a namorada no mesmo espaço, a verdade é que as duas mal conviveram e a espanhola foi ignorada em praticamente todas as fotografias partilhadas por Dolores e pelas irmãs de Ronaldo da grande festa.

O mal-estar instalou-se e a verdade é que o craque da Juventus e Georgina parecem ter acusado a pressão dos momentos complicados.

Coincidência ou não, a modelo desapareceu das redes sociais nos primeiros dias do ano. Não publicou fotografias suas, nem imagens ao lado dos filhos do jogador, e nem sequer deixou ‘gostos’ nas publicações de CR7.

Em Turim, a espanhola também passou despercebida e, inclusivamente, CR7 faltou a um jantar com jogadores da Juventus alegando que Gio estava doente. No último domingo, Georgina desfez o mistério e explicou que já debelou a forte gripe, mas a verdade é que os fãs não deixaram de estranhar o súbito desaparecimento de Gio.

O DRAMA DA MORTE DO PAI 

Com mais de 15 milhões de seguidores, Georgina é um caso de sucesso no Instagram e soma acordos milionários com várias marcas. Devido aos compromissos, a espanhola nunca fica muito tempo afastada das redes e quando o faz... dá que falar.
A última vez que Gio tinha feito uma pausa nas redes foi quando o pai morreu. A espanhola viajou para a Argentina e mostrou-se em silêncio para viver com a família o momento de luto e dor. Dias depois, voltou para junto de CR7 e dos filhos do craque que, afirma, são a sua força.
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo