Sara Barradas: "As minhas escolhas pessoais sempre incomodaram”

A preparar-se para o regresso à televisão, Sara Barradas sofre duro golpe com críticas dos fãs e grita revolta: “Não sou de alimentar ódios”
Sara Barradas
Sara Barradas
Sara Barradas
Sara Barradas
Sara Barradas
Sara Barradas
09 set 2021 • 14:47
Confirmada como uma das estrelas do elenco da próxima novela da TVI, ‘Quero é Viver’, Sara Barradas decidiu aproveitar os últimos dias antes de mergulhar por completo no projeto e entregar-se de corpo e alma à nova personagem mudando de visual. Elegeu umas tranças longas, que dividiram opiniões.

A companheira de José Raposo mostrou o novo corte de cabelo com orgulho nas redes sociais, mas recebeu muitas críticas. Chegou mesmo a ser acusada de apropriação cultural [adoção de elementos específicos de outra cultura fora do seu contexto e significado específicos]. Revoltada, decidiu gritar revolta e esclarecer a polémica em que se viu envolvida.

"Não sou de alimentar discursos de ódio. As minhas escolhas pessoais sempre incomodaram muita gente. Sei que o facto de fazer tranças no meu cabelo incomoda muita gente. Sei que há quem pense que a cor da minha pele não é merecedora de tal penteado. Pela sua origem, pelo seu significado, mas eu sei, sim, qual a origem das tranças, o seu significado".

Este foi mais um episódio duro para atriz, que tem estado debaixo de pressão devido à prisão da mãe, Felisbela Dias, condenada sete anos de prisão por burla qualificada.

VIDA NOVA

Desde da prisão da mãe que Sara Barradas viu a sua vida levar uma volta de 180 graus. Além das novas exigências da gestão familiar - passou a estar responsável pela educação da irmã Íris, de cinco anos -, a jovem atriz tentou honrar os compromissos profissionais pela os quais tinha sido chamada, a peça ‘Perfeitos Desconhecidos’ e a novela ‘Festa é Festa’ (TVI), que teve de rejeitar, devido aos vários afazeres pessoais.

Volvidos seis meses desde a readaptação da família, Sara mostra-se agora preparada para abraçar novos desafios, longe de mais polémicas.
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo