Sara Norte revela dificuldades: "Estou a receber 300 euros por mês"

Sem projetos em televisão, a atriz agarrou-se ao trabalho numa escola.
Sara Norte
Sara Norte
Sara Norte
Sara Norte
Sara Norte
Sara Norte
27 mar 2021 • 15:33
Aos 35 anos, Sara Norte voltou a ter de reinventar-se após ser confrontada com a perda de trabalho em televisão. A atriz começou no último verão a trabalhar como assistente operacional numa escola. "Eu não sabia que tinha tanta paciência. É um trabalho que tem de ser feito com muito amor, não é para toda a gente. As crianças querem abraços e beijinhos e gostam muito de nós", apontou em conversa com Júlia Pinheiro. Neste momento, a filha de Vítor Norte está preparada para voltar à ficção. O último projeto foi a série ‘Golpe de Sorte’, da SIC. "Já me sinto preparada para voltar ao meu trabalho como atriz. Às vezes ouço: ‘Fizeste mal em assumir’. Já ouvi isto. Dizem-me que depois não me chamam [para a televisão]. Estou a trabalhar a recibos verdes, numa escola, e a receber 330 euros por mês. Se receber outra oferta, vou."

A crise provocada pela pandemia foi tal que Sara e o companheiro, Vasco Vala, tiveram de adiar os planos de casamento por tempo indeterminado e recorrer à ajuda dos mais próximos. "Se eu não tivesse o meu pai [o ator Vítor Norte] e amigos, não sei como estaria agora."

Lágrimas pela irmã
Além da falta de trabalho nos ecrãs nacionais, Sara Norte sofreu um duro golpe no campo familiar com a morte abrupta da irmã Beatriz, de apenas 14 anos, vítima de leucemia (fruto da relação da mãe, Carla Lupi, com João Ricardo). "É uma coisa que não se compreende. Não é justo. Ela fez dois anos de quimioterapia e estava curada. Quando [a leucemia] voltou foi fulminante", disse em lágrimas.

O momento mais doloroso foi o do ‘adeus’ ainda no hospital. "Ainda consegui despedir-me dela dois dias antes [de morrer]. O que mais custou foi estar no funeral e não abraçar o meu avô. Tenho de tentar seguir em frente, por mais difícil que seja. São as boas memórias que ficam".

O foco para já é o trabalho. Sara e o namorado, Vasco, adiaram novamente alguns objetivos em comum, como subir ao altar e ter o primeiro filho. "Já pensei mais nisso. Neste momento, tenho outras prioridades na minha vida. Se acontecesse ficaria muito feliz, mas primeiro preciso de ter a minha estabilidade. Neste momento, está fora de questão", completou.
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo