Saúde volta a pregar partida a Júlia Pinheiro: "A noite foi febril. O mal-estar aumenta"

Apresentadora partilhou o seu estado durante o programa.
Júlia Pinheiro
Júlia Pinheiro
31 jan 2020 • 12:49
Júlia Pinheiro terminou o último ano a viver um grande susto com a saúde, ao ser hospitalizada com suspeita de AVC, e agora que o novo ano começou, não tem tido tréguas.

Na última quinta-feira, a apresentadora revelou o mal-estar que tem sentido nos últimos dias.

"Há dois dias que me debato com uma violenta constipação. A noite foi febril. O mal-estar aumenta. E não há lenços de papel que deem vazão", começou por explicar, acrescentando que tem sofrido com rouquidão.

"Um único pormenor sintomático, o menos negativo, é a minha voz sexy. Não é sexy, é mesmo rouquidão".

O momento acabou por ser partilhado na conta pessoal de Júlia Pinheiro, com os fãs a desejarem-lhe as rápidas melhoras.

View this post on Instagram

Há dois dias que me debato com uma violenta constipação. A noite foi febril. O mal estar aumenta. E não há lenços de papel que deem vazão. Um único pormenor sintomático, o menos negativo, é a minha voz sexy. Não é sexy, é mesmo rouquidão. E não passa despercebida, nem para o meu vizinho weimaraner. O zinco é um cão da ração weimaraner que me costuma ladrar do outro lado da janela da cozinha, enquanto eu preparo o jantar. Ontem à noite, lá veio ele, preparado para conversar. Não esperava o zinco que eu tivesse mudado de voz. O que me ri, apesar desta constipção, quando o zinco, ao ouvir-me, baixou as orelhas com ar de espanto e nem um latido soltou. Portanto, não podendo ficar de molho em casa, conto com os vossos conselhos, mezinhas caseiras, canjas de galinha, o que for útil e eficaz. Aguardo A minha crónica hoje no Blog Júlia. #BlogJulia

A post shared by Júlia Pinheiro Oficial (@oficialjuliapinheiro) on


Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo