‘‘Se a minha carreira acabar vou vender bifanas’’: Cristina Ferreira na Web Summit

Apresentadora discursou durante mais de 20 minutos no evento, apesar de não “falar muito bem inglês”.
Cristina Ferreira na Web Summit
Cristina Ferreira na Web Summit
Cristina Ferreira na Web Summit
Cristina Ferreira na Web Summit
05 nov 2021 • 01:30
Sónia Dias
"Oh meu Deus! Vocês são tantos! Geralmente falo para cerca de um milhão de pessoas por dia, mas não as vejo...”, disse Cristina Ferreira no arranque da sua palestra, esta quinta-feira, no último dia da Web Summit, em Lisboa. Convidada do palco Content Makers enquanto acionista da Media Capital e diretora de entretenimento e ficção da TVI, falou durante mais de 20 minutos sobre as regras básicas para se ser bem-sucedida.

“Não tenho medo de nada”, disse Cristina Ferreira, que falou em inglês, apesar de assumir que não fala “muito bem” a língua. “Não tenho a ambição de ser bilionária, mas se isso acontecer, aceito”, brincou a estrela da estação de Queluz de Baixo, que se descreve como uma pessoa “diferente”.

Ser “criativo” e “conhecer a nossa audiência” foram algumas das dicas avançadas por Cristina Ferreira, que surpreendeu a plateia com uma bifana na mão. “A última regra é esquecer todas as regras. Mesmo que a minha carreira na televisão acabe e tenha de começar de novo, tudo bem! Como? Vou vender bifanas. E garanto que serei a melhor vendedora de bifanas”, disse, sem modéstia. “Seja o que for, tudo aquilo que fizer a seguir, sei que vou ser a melhor.”

A apresentadora falou ainda do bullying que sofreu quando regressou à TVI: “Os outros são apenas os outros. Não sabem nada sobre mim.”
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo