Sensualidade e glamour na despedida do Portugal Fashion

Evento no Porto contou com 35 mil pessoas. Alfândega recebeu coleções de Luís Onofre e Luís Buchinho.
Modelo a desfilar com a coleção de Luís Onofre
Modelo a desfilar com a coleção de Luís Onofre
Foto: MovePhoto
22 out 2018 • 01:30
Nelson Rodrigues
Terminou em grande a 43ª edição do Portugal Fashion, no Porto.

Durante três dias foram mostradas na Alfândega do Porto as tendências primavera/verão dos criadores nacionais.

No último dia a sensualidade reinou com as coleções de Nuno Baltazar, Luís Buchinho, Alves/Gonçalves e Storytailors. O evento de moda recebeu 35 mil pessoas - mais 5 mil do que na edição anterior.

Nuno Baltazar foi o mais aplaudido do último dia. Ao som de Chico Buarque, o criador apresentou ‘Tatuagem’ composta por coordenados, onde a luz, brilhos e a fantasia de sedas se destacaram, bem como a volumetria das mangas - umas em forma de balão, outras parecendo escamas de peixe.

Também o designer de sapatos, Luís Onofre, apresentou as suas propostas para a estação quente.

O fim da marca Júlio Torcato
Júlio Torcato encerrou com chave de ouro mais uma edição do Portugal Fashion.

O desfile foi marcado pela comemoração dos 30 anos de carreira do estilista, mas também como o fim da sua marca.

Na despedida, o estilista disse que tomou a decisão por estar "esgotado". Apresentou ‘30’ e desafiou 30 amigos ligados à moda a reinventarem uma peça da coleção, sendo que os mesmos subiram à passerelle com as peças vestidas.

Destaque para Pedro e Ricardo Guedes, assim como para Zé Manel, dos Fingertips.

Cuca Roseta na passerelle 
Cuca Roseta cantou dois fados durante a apresentação da marca Pé de Chumbo, no último dia do evento de moda.

A fadista subiu à passerelle com um vestido da marca do Norte e disse que se sentia "bonita e poderosa" com o mesmo.
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo