“Senti medo e vergonha”, diz alegada vítima de Asia Argento

Jovem quebra o silêncio.
Jimmy Bennett
Asia Argento
Jimmy Bennett
Asia Argento
24 ago 2018 • 06:00
Miguel Azevedo
Depois de Asia Argento ter sido acusada de agressão sexual a um menor de idade e da revelação de uma foto comprometedora da atriz na cama com a alegada vítima, foi agora, finalmente, a vez do jovem, Jimmy Bennett, falar da polémica.

"Não disse nada publicamente nos últimos dias e horas, porque me senti envergonhado e com medo de fazer parte da narrativa pública", fez saber Bennett num comunicado divulgado pelo ‘The New York Times’.

"Eu era menor quando a situação ocorreu. Tentei procurar justiça de uma forma que fizesse sentido para mim naquele momento, porque não estava preparado para lidar com as consequências que chegariam quando a minha história se tornasse pública".

E acrescenta: "Na altura, acreditava que ainda havia um estigma na nossa sociedade por ser um homem naquela situação".

O jovem, que na altura dos factos, em 2013, tinha 17 anos, diz que não podia ficar mais calado. A gota de água foi quando viu Asia Argento a dar a cara pelo movimento #MeToo, que expôs os casos de abuso sexual em Hollywood: "O meu trauma ressurgiu quando ela disse que também era uma vítima".

Recorde-se que Asia Argento continua a negar os factos.
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo