"Só quero que o Johnny Depp me deixe em paz", diz Amber Heard em tribunal

Atriz depôs pela última vez no âmbito do processo que a opõe ao ‘ex’.
Amber Heard diz que o julgamento tem sido “humilhante”
Amber Heard diz que o julgamento tem sido “humilhante”
Foto: Reuters
28 mai 2022 • 01:30
Carolina Marques Dias
Numa última tentativa de virar a seu favor o processo de difamação que a opõe ao ex-marido, Johnny Depp, de 58 anos, a atriz Amber Heard, de 36, prestou um último depoimento em tribunal, no qual revelou que tem sofrido com os ataques de que tem sido alvo desde que o julgamento teve início, há quase um mês.

"Tem sido agonizante, doloroso, a coisa mais humilhante pela qual eu já passei na minha vida. Espero que nunca ninguém tenha de passar por algo assim. Só quero que o Johnny me deixe em paz. Tenho dito isto há vários anos", afirmou, entre lágrimas. Heard referiu ainda que tem recebido "milhares de ameaças" e que nem a filha, de 10 meses, tem sido poupada. "As pessoas querem pôr a minha bebé no micro-ondas e dizem-me isso."

Ontem, nas alegações finais, Camila Vasquez, advogada de Depp, afirmou que o que está "em jogo" é "o bom nome de um homem". "Mais do que isso, o que está em jogo neste julgamento é a vida de um homem: a vida que ele perdeu quando foi acusado deste crime hediondo [violência doméstica]".

O júri acabou por não chegar a um veredicto e vai voltar a deliberar na próxima terça-feira.
Mais sobre
Newsletter
topo