Sofia Arruda recebe mensagens de apoio após denunciar assédio

Amigos e fãs aplaudem “coragem” da atriz, que diz ter sido perseguida por uma pessoa “com poder” numa televisão.
Sofia Arruda
Sofia Arruda
Cristina Ferreira
Dânia Neto denunciou comportamentos abusivos
Sara Sampaio viveu situações de abuso na sua carreira ligada à indústria da moda
Débora Monteiro confessou que sofreu com o assédio
Helena Isabel contou que  já foi alvo de assédio no trabalho
Leonor Seixas assumiu que foi vítima de assédio
Sofia Arruda
Sofia Arruda
Cristina Ferreira
Dânia Neto denunciou comportamentos abusivos
Sara Sampaio viveu situações de abuso na sua carreira ligada à indústria da moda
Débora Monteiro confessou que sofreu com o assédio
Helena Isabel contou que  já foi alvo de assédio no trabalho
Leonor Seixas assumiu que foi vítima de assédio
19 abr 2021 • 01:30
Sónia Dias
A revelação partiu de Sofia Arruda, mas é comum a muitas mulheres. A atriz, 33 anos, disse publicamente que foi vítima de assédio por parte de “uma pessoa com muito poder dentro de uma estação de televisão, de uma produtora” e que o facto de ter recusado os avanços fez com que ficasse “5, 6, 7 anos sem trabalhar naquele canal”. A denúncia valeu-lhe muitas mensagens de apoio de amigos e fãs das redes sociais, a aplaudir a sua “coragem”.

Sofia Arruda começou a sua carreira na TVI, em 2000, tornando-se conhecida com a série ‘Super Pai’. Em 2011 deixou a estação, depois de interpretar ‘Anjo Meu’. Participou em ‘Os Nossos Dias’ (RTP1) e ‘Amor Maior’ (SIC), regressando a Queluz de Baixo só em 2017 para integrar o elenco da novela ‘Jogo Duplo’. Atualmente interpreta ‘Patrões Fora’, na SIC.

Sobre o motivo pelo qual não apresentou queixa na altura, Sofia Arruda explicou que não tinha provas do assédio. Hoje, porém, receia que o seu silêncio tenha permitido aproximações a outras atrizes. “Custa-me pensar se essa pessoa conseguiu tirar proveito de outras miúdas por eu não ter dito nada, se outras atrizes passaram pelo mesmo. Porque ninguém fala destas coisas.”

Famosas perseguidas
Cristina Ferreira revelou na sua autobiografia ‘Sentir’ que foi vítima de assédio sexual na TVI por parte de um colega. “As flores indicavam uma óbvia tentativa de conquista. As palavras mansas acusavam um objetivo claro: ele queria comer-me”, escreveu. Já Leonor Seixas disse que já lidou várias vezes com este problema, “tanto em Portugal como nos Estados Unidos”. Helena Isabel, Dânia Neto, Sara Sampaio e Débora Monteiro são outras portuguesas que já divulgaram publicamente as suas histórias.
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo