Timberlake pode ser preso por selfie de voto

A fotografia contraria a lei que está em vigor em Tennessee, nos EUA, onde o cantor votou.
Justin Timberlake tirou uma foto com o boletim de voto
Justin Timberlake, preso, selfie, eleições, voto
Foto: Direitos Reservados
26 out 2016 • 10:03
Justin Timberlake terá infringido uma lei e arrisca problemas com a justiça norte-americana depois de ter colocado uma fotografia com um boletim de voto na rede social Instagram.

O cantor tirou uma selfie numa cabine de voto a apelar aos seguidores para que votem, mas o resultado não foi o esperado.

A fotografia contraria a lei que está em vigor no estado do Tennessee, nos EUA, que proíbe que sejam tiradas fotografias ou que sejam feitos vídeos dentro das cabines de voto. Uma lei que Timberlake infrigiu e por isso está agora a ser investigado.

O cantor exerceu o direito de voto antecipado para as eleições agendadas para 8 de novembro e foi nesse momento que tirou a fotografia. Entretanto, a selfie já foi retirada.
Mais sobre
Newsletter
topo