Tragédia durante gravações com Alec Baldwin pode ter sido “sabotagem”

Alguém terá colocado balas reais no revólver de adereço.
Alec Baldwin
Halyna Hutchins
Alec Baldwin
Halyna Hutchins
05 nov 2021 • 01:30
A morte da diretora de fotografia Halyna Hutchins pode ter mão criminosa. Quem levantou as suspeitas foi Jason Bowles, advogado de Hannah Gutierrez-Reed, de 24 anos, armeira no filme ‘Rust’, em que Alec Baldwin matou, acidentalmente, a 21 de outubro, a colega. A jovem diz que carregou o revólver com munições de uma caixa de balas falsas. “Presumimos que alguém colocou balas reais naquela caixa, com o objetivo de sabotar o estúdio. Não há outra razão para fazer isso”, acusou o advogado no programa ‘Today’, da NBC.

O descontentamento da equipa técnica foi a causa apresentada por Jason Bowles: “Sabemos que algumas pessoas já tinham abandonado o estúdio no dia anterior”. Questionado sobre a razão porque Gutierrez-Reed deixou as armas sem supervisão, Bowles alegou que esta estava ocupada com outras funções na hora do disparo.
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo