Tribunal declara que 'ex' de Sofia Vergara não pode usar os embriões da atriz sem o seu consentimento

Ex-noivo da atriz defendeu que os embriões devem ser tratados como pessoas com direitos.
Sofia Vergara
Sofia Vergara
Sofia Vergara e marido
star wars
Sofia Vergara
Sofia Vergara
Sofia Vergara, Joe Manganiello
Sofia Vergara, Joe Manganiello
Sofia Vergara
Sofia Vergara
Sofia Vergara e marido
star wars
Sofia Vergara
Sofia Vergara
Sofia Vergara, Joe Manganiello
Sofia Vergara, Joe Manganiello
03 mar 2021 • 18:19
Sofia Vergara pode, finalmente, respirar de alívio. Isto porque ganhou a batalha contra o ex-noivo Nick Loeb, que pretendia usar os embriões congelados da atriz para ser pai, chegando ao ponto de tentar ganhar a custódia dos mesmos... e dando nomes aos óvulos fertilizados. 

A decisão foi decretada por um juíz do Tribunal Superior do Condado de Los Angeles. O tribunal disse ainda que Nick não pode tentar usar os embriões para seus próprios fins e dar-lhes direitos - o que tentou fazer num tribunal no estado do Louisiana, argumentando que os embriões deveriam ser reconhecidos como pessoas com direitos.

Depois de ter perdido no estado do Louisiana, o ex-noivo da estrela de Hollywood voltou a perder o caso, agora em Los Angeles, onde tudo começou após ter-se separado da artista em 2014. Com o pedido feito a uma clínica de fertilidade em 2013 em vigor e o contrato original mantido, Nick terá que obter o consentimento de Sofia caso pretenda fazer alguma coisa aos embriões.

Recorde-se que Sofia Vergara é casada com Joe Manganiello, também ator. A atriz é mãe de Manolo Gonzalez Vergara, de 29 anos, fruto de um anterior casamento com Joe Gonzalez. 



Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo