Viagem a África custa 270 mil euros a Harry e Meghan

Duques de Sussex tiveram a deslocação mais cara da realeza britânica em 2019.
Meghan Markle e Harry vivem agora em Los Angeles
Príncipe Harry e a mulher, Meghan Markle
Meghan Markle e Harry vivem agora em Los Angeles
Príncipe Harry e a mulher, Meghan Markle
27 set 2020 • 01:30
A primeira e última viagem de Harry e Meghan enquanto membros sénior da realeza britânica, em setembro de 2019, foi a mais cara desse ano da família real. O destino foi o sul de África e, segundo dados agora revelados pelo palácio de Buckingham, a viagem de 10 dias custou aos contribuintes cerca de 270 mil euros.

A quantia foi gasta, sobretudo, com os jatos e alojamento das equipas se segurança que acompanharam os duques de Sussex e o filho, Archie, ao longo da viagem. Em comparação com William e Kate, que realizaram uma viagem ao Paquistão, a diferença é abismal: os duques de Cambridge gastaram ‘apenas’ 128 mil euros. No ano passado, os gastos da casa real com viagens totalizaram 5,8 milhões.
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo