Vida de Sara Norte marcada pela dor e sofrimento

Atriz chora a morte da irmã de 14 anos.
Sara Norte
Sara Norte
Sara Norte
Sara Norte
Sara Norte
Sara Norte
Sara Norte e o pai Vitor Norte
Sara Norte e o pai Vitor Norte
Sara Norte e o pai Vitor Norte
Sara Norte e o pai Vitor Norte
Sara Norte
Sara Norte
Sara Norte
Sara Norte
Sara Norte
Sara Norte
Sara Norte e o pai Vitor Norte
Sara Norte e o pai Vitor Norte
Sara Norte e o pai Vitor Norte
Sara Norte e o pai Vitor Norte
18 ago 2020 • 16:10
A vida da atriz Sara Norte, de 35 anos, está marcada por vários dramas.

A filha de Vítor Norte chora a morte da irmã, Beatriz, que morreu aos 14 anos, após uma dura batalha contra a leucemia. Beatriz era filha da mãe da atriz, Carla Lupi, e do ex-companheiro, João Ricardo. 

Antes de viver esta profunda tristeza, Sara Norte já enfrentou outros dramas que marcaram o seu caminho.

Em 2003, os pais separaram-se e a atriz tomou o partido da mãe, afastando-se do ator. 

Sara viu a mãe entrar numa depressão profunda e a consumir droga, e, desamparada, decidiu sair de casa, ainda adolescente. Nessa altura, apaixonou-se por um rapaz que se veio a tornar um 'inferno' na sua vida.

Sara Norte confessou que viveu um namoro que lhe deixou marcas profundas pela violência doméstica que sentiu na pele. 

"Foram três anos de muita violência", contou, em 2018 em entrevista ao programa 'Alta Definição'.

"Apaixonei-me perdidamente, mas a violência doméstica dominava a relação", disse. A atriz vivia numa barraca com o companheiro, e lamenta ter vivido em condições deploráveis. Além disso, revelou que tinha de os sustentar aos dois, que trabalhava e estudava ao mesmo tempo enquanto o namorado não fazia "nada da vida"

Em 2010, aos 25 anos, a atriz causou polémica ao trabalhar num clube se striptease. Na altura, Vitor Norte mostrou-se chocado com a ocupação da filha, que o apanhou de surpresa. Sara Norte servia bebidas e revelou que começou a trabalhar no local porque não tinha dinheiro para acabar o curso de jornalismo, e garantiu que nunca dançou.

Foi tornado público que apenas a mãe de Sara Norte, a atriz Carla Lupi, tinha conhecimento da situação. 


Em 2012, captou todas as atenções ao ser detida por tráfico de droga no dia 7 de fevereiro, em Espanha, com 800 gramas de haxixe no estômago. A atriz foi reclusa no estabelecimento prisional de Botafuego, em Algeciras, durante 16 meses.

"Vivi dois dias no calabouço e tentei cortar os pulsos com os ganchos do cabelo. Queria chamar à atenção. É um desespero, bati com a cabeça nas paredes e senti-me culpada", confessou no mesmo programa da SIC, sobre o momento em que foi presa. 

Sara Norte surpreendeu ao garantir que foi a prisão que lhe salvou a vida. "Acho que a prisão foi a minha salvação. Porque se não tivesse sido presa o que é que seria de mim?", disse a artista, onde contou que a vida na prisão era "normal".

"Tinha um trabalho não remunerado na biblioteca para poder ler os livros à vontade. Criei o meu grupo de teatro para poder representar. Corria entre quatro a cinco horas por dia. Comecei a gostar de mim, a acordar a gostar de me arranjar. Não andava de fato de treino, andava sempre arranjada", descreveu, afirmando que começou a tentar "tirar proveito do bom que o mau podia dar". 

Pouco tempo depois, em julho do mesmo ano, foi surpreendida pela notícia da morte da mãe. A atriz ainda estava presa e a tragédia abalou a sua vida. A também atriz Carla Lupi, ex-mulher de Vítor Norte, morreu vítima de cancro no pulmão. Uma dor sobre a qual Sara Norte ainda hoje partilha desabafos emocionados com os seguidores através das redes sociais.

"Não há dia em que não pense em ti e como seria bom ter o teu abraço nem que fosse só mais uma vez. As saudades são imensas mas quero acreditar que és a nossa estrelinha", escreveu recentemente no Instagram, ao relembrar a progenitora.

Atualmente, Sara Norte está de luto pela morte da irmã e ainda não se pronunciou publicamente sobre a perda.
Mais sobre
artigos relacionados
Newsletter
topo