Yoga trabalha corpo e espírito

Alunos sentem um aumento da autoestima e evitam a sensação de isolamento.
A fadista Cuca Roseta, de 35 anos, pratica yoga e afirma que este se tornou “imprescindível” na sua vida. Tanto que já escreveu sobre os benefícios que dele retira no seu blogue
Idalina Gameiro, Cuca, Roseta, Alice Paulo, Confederação Portuguesa do Yoga
Foto: Direitos Reservados
11 mar 2017 • 01:30
O peso dos anos sente-se no corpo, mas também na mente. Além dos problemas físicos que surgem com o avançar da idade, a perda de concentração, do equilíbrio e o isolamento são riscos associados ao envelhecimento. Combatê-los é apenas um dos muitos benefícios do yoga, que já conquistou a fadista Cuca Roseta.

"O yoga é espetacular para a saúde. Dá uma harmonia tão grande, as pessoas sentem-se bem durante as aulas", afirma Alice Paulo, médica e especialista em yoga para seniores da Confederação Portuguesa do Yoga. "Os praticantes tornam-se mais jovens, mais bonitos porque deixam transparecer a beleza interior. Também promove o convívio, faz as pessoas saírem de casa e do isolamento", refere a especialista em medicina geral e familiar.

Por trabalhar aspetos físicos, o yoga ajuda a aumentar a flexibilidade e a melhorar o funcionamento das articulações. O corpo "vai rejuvenescendo", num caminho que também promove o equilíbrio mental e emocional. "Pratico há cerca de 10 anos. Se desistisse do yoga, tenho a impressão que me apagava", conta ao CM Idalina Gameiro, de 82 anos.
Mais sobre
Newsletter
topo