a Ferver
Homem que invadiu casa de Rihanna para ter sexo escapa da prisão
Para Eduardo Leon bastou declarar-se culpado e comprometer-se a participar num programa para pessoas com distúrbios mentais.
  • Partilhe
08/02/2019 14H30
Foto: Reuters
O homem que invadiu a casa de Rihanna em maio do ano passado foi condenado a 5 anos de prisão com pena suspensa, por isso não terá de cumprir pena. 

Eduardo Leon declarou-se culpado em tribunal por ter entrado na mansão da cantora, em Los Angeles, e ter passado 12 horas à espera de Rihanna "para ter sexo", diz o 'Mirror', mas está livre da cadeia.

Eduardo vai participar num programa para pessoas com distúrbios mentais ou que usam drogas.

Antes da prisão em maio, o homem já tinha invadido uma outra residência a pensar que se tratava da casa de Rihanna. 
Ler mais tarde
A notícia foi guardada na sua lista de notícias favoritas. Faça a gestão dessa área na sua conta.
Partilhe
0
Comente
0
OPINIÃO
horóscopo
EM DESTAQUE
AQUÁRIO
21 JANEIRO - 19 FEVEREIRO
OUTROS SIGNOS
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina