a Ferver
Órgãos de Angélico salvam quatro vidas
Pâncreas, rins e fígado foram retirados ao cantor para transplante
  • Partilhe
30/06/2011 22H20
Angélico Vieira faleceu na terça-feira no Porto
Foto: Duarte Roriz

O pâncreas, os dois rins e o fígado retirados a Angélico Vieira, falecido na passada terça-feira no Hospital de Santo António, no Porto, vão permitir salvar quatro vidas. Apesar de jovem e aparentemente saudável, o coração e os pulmões não foram recolhidos para transplante. O facto de o cantor e actor de 28 anos ter estado ligado ao ventilador é uma das justificações.

"O tempo de ventilação é uma contra-indicação à doação de órgãos", explicou ao CM Eduardo Barroso, director da Unidade de Transplantação do Hospital Curry Cabral, em Lisboa, sublinhando que não existe uma relação directa entre a idade do potencial dador e a dádiva de órgãos. Sem se referir ao caso de Angélico Vieira em concreto, o médico cirurgião admite que "o dador de pulmão ideal é aquele que morre de coração parado", ou seja, em que não se tenha recorrido à ventilação. Porém, lamenta o especialista em transplantes, em Portugal, a esmagadora maioria dos dadores - cerca de 95 por cento - foram sujeitos a ventilação. "Em Portugal não há dadores de coração parado", diz.

"Um dador de pulmão é especial, é-se mais selectivo quando se trata deste órgão e nem todos podem doar os seus pulmões", alerta Eduardo Barroso. Outra das razões apontadas pelo especialista é a maior ou menor sensibilidade dos próprios órgãos ao trauma a que foram expostos. O coração e os pulmões são bastante sensíveis.

Os órgãos de Angélico foram recolhidos logo após o óbito ter sido declarado por uma equipa de especialistas da própria unidade hospitalar portuense. A ordem de retirada dos órgãos depende da resistência dos mesmos. "Em primeiro lugar são tirados o coração e os pulmões, pois são bastante sensíveis. Os rins, como são mais resistentes, são os últimos", explicou Fernando Macário, presidente da Sociedade Portuguesa de Transplantação. "Quanto mais cedo os órgãos forem retirados, melhor", sublinha o responsável. 

PORMENORES

RESISTÊNCIA

Após ser retirado, o coração tem de ser transplantado em quatro horas. Os rins resistem até 36 horas, o fígado 12 horas.

DADORES À NASCENÇA

De acordo com a legislação portuguesa, nascemos com o estatuto de dador.

TRANSPLANTES

Em 2010, realizaram-se 50 transplantes de coração. O aumento de doenças respiratórias aumenta a necessidade de dádivas de pulmão.

VÁRIOS TESTES PARA RECOLHA

Durante a última noite que passou no Hospital de Santo António, o corpo de Angélico foi submetido a diversos testes - realizados por uma equipa da área dos transplantes - para seleccionar os órgãos.

CANTOR AJUDADO POR MÁQUINAS

Durante os quatro dias em que esteve internado no Hospital de Santo António, no Porto, em morte cerebral, Angélico Vieira esteve sempre ligado às máquinas, as quais o ajudavam a respirar e a bombear o sangue para o coração.

"EIXO DE TRÁS PARTIU-SE"

Em declarações ao programa ‘Você na TV' (TVI), Hugo Pinto, um dos sobreviventes, garantiu que Angélico não seguia em excesso de velocidade. "Foi um erro mecânico. Ele perdeu o controlo porque o eixo de trás partiu-se ", disse.

TINHA O SONHO DE SER MODELO

A jovem de 17 anos que seguia no carro conduzido por Angélico encontra-se internada no Hospital de Santo António, no Porto, em estado considerado muito reservado. Em Algueirão, Sintra, onde Armanda Leite mora sozinha na casa do pai, a notícia do acidente foi recebida com surpresa.

Aurélio Algarvio, amigo da família, contou ao CM que "Armanda sonhava ser modelo". O pai trabalha em Angola, onde passa grande parte do tempo. Armanda tem um irmão e uma irmã.

"AMO-TE TANTO MEU AMOR"

Angélico passou as últimas horas na companhia dos três amigos com os quais iniciou a viagem para Lisboa e com Anita Costa, apontada como a sua última namorada. Tinham estado na Galiza e depois passaram pela Póvoa de Varzim, onde jantaram com o dono do stand Auguscar, que emprestou o carro a Angélico. Durante o jantar, Angélico e Anita estiveram bastante unidos e trocaram constantemente carinhos, mas acabaram por discutir antes do cantor partir.

"A Anita está devastada, só chora e diz que o Angélico morreu a pensar que ela não o amava", contou uma amiga dos dois jovens. A jovem expressou a sua dor no Facebook. "Sexta-feira enquanto jantávamos ele perguntou: ‘achas que vamos ficar juntos para sempre?' Talvez esta tenha sido a única forma de o conseguirmos. Amo-te tanto meu amor", escreveu Anita. 

REACÇÕES

DAVID CARREIRA (Actor)

"É muito triste isto ter acontecido. Ele era amigo do meu irmão [Mickael Carreira] e cheguei a estar com ele algumas vezes. Era uma pessoa muito divertida."

SOLANGE HILÁRIO (Cantora)

"Estávamos à espera que ele melhorasse, que descesse as escadas do hospital demorasse o tempo que demorasse. Mas ele vai continuar connosco."

JOANA ALVARENGA (Actriz)

"É uma grande dor, uma grande perda. Ainda me custa a crer que o Angélico, tão novo e cheio de energia, tenha partido desta forma. Ainda estou chocada."

KAPINHA (Actor)

"O Angélico era o melhor amigo que se podia ter. Custa-me acreditar na sua morte, é um sentimento de injustiça. Foi cedo demais, a sua missão não estava completa."

HUGO F. (Modelo)

"Recordo para sempre o Angélico como uma pessoa muito humilde, que trazia boas energias à nossa vida. Deixo toda a minha força para a família dele."

Fotogaleria de Angélico (1982-2011)
Ler mais tarde
A notícia foi guardada na sua lista de notícias favoritas. Faça a gestão dessa área na sua conta.
Partilhe
0
Comente
0
OPINIÃO
  • Sentir
    Um disco de memórias com sons que apelam às gerações mais velhas.
    Uma espécie de fado rock
    Está consumado em música nova o regresso dos Xutos & Pontapés ao ativo depois da morte de Zé Pedro.
  • Apresentações já estão feitas
    Recém-casada com a diretora de Programas da SIC, a atriz de ‘Paixão’ enumerou os benefícios de uma família equiparável ...
    Utopia
    Para David Byrne, a Utopia é um sentimento interior positivo.
  • Ele ainda não acabou
    Ver Manel Cruz foi arrebatador, extasiante, quase catártico.
    Surpresa para um camaleão
    Ex-favorito do Festival da Canção sabe que para quem é artista conta tudo aquilo que está em seu redor.
horóscopo
EM DESTAQUE
ESCORPIÃO
23 OUTUBRO - 22 NOVEMBRO
OUTROS SIGNOS
a ferver
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina