Ácido hialurónico

A atual geração de 30/40 anos é uma sortuda, pois este produto pode ser equiparado a uma fonte de juventude para a sua pele.
14 jan 2016 • 17:56
Ana Gonçalves

O ácido hialurónico (AH), um produto de preenchimento não definitivo, é atualmente o produto de eleição para preenchimentos de rugas, sulcos, depressões, cicatrizes, lábios e bioplastia. O AH existe naturalmente no nosso organismo mas foi produzido em laboratório para poder ser injetado. Este, tem o aspeto de um gel transparente e existe em várias concentrações, as quais têm indicações específicas de acordo com a profundidade a que se quer injetar, o local e o efeito que se quer obter. O preço também varia com o tipo de AH.

A atual geração de 30/40 anos é uma sortuda, pois este produto pode ser equiparado a uma fonte de juventude para a sua pele, se aplicado logo aos primeiros sinais de envelhecimento, tornando-se ainda mais eficaz se for aplicado antes de se começar a notar esses sinais. Aqui funciona como preventivo, permitindo chegar aos 50, 60 anos, com um rosto aparentando menos dez anos. O conselho que dou é que use e abuse das infiltrações de ácido hialurónico, pois são preventivas, melhoram e fazem mesmo desaparecer rugas instaladas, mantendo um aspeto natural e sem riscos de complicações futuras. Claro que o aspeto natural é o objetivo pretendido quando se infiltra uma ruga ou um lábio e só acontece o contrário quando se infiltra em excesso ou quando o profissional não tem sensibilidade estética ou não sabe o que faz. Nada mais desastroso que maçãs do rosto ou lábios de tamanho excessivo.

Como o AH é reabsorvido pelo organismo, em casos de excesso de inflitração, tem a vantagem de que nove a 12 meses depois tudo volte a ficar "quase" igual ao que era antes do erro. Quero dar ênfase  ao "quase", pois mesmo que não volte a injectar ácido dentro de dois a três anos, a sua ruga, o seu sulco nunca voltam a ficar tão pronunciados como estavam antes da infiltração. Porque o AH ao ser injetado provoca uma inflamação com estimulação das células produtoras de colagéneo e fibras, criando como que uma matriz na camada profunda da pele, que dá suporte e evita assim o aparecimento ou agravamento de rugas e sulcos.

Clínica Fernando Póvoas,

Lisboa, tel. 217 210290

Clínica no Porto – 225 573 130

info@anagoncalvescirurgiaplastica.com

Mais sobre
Newsletter
topo