Web Summit Lisboa

O giro da coisa é que estes 15 minutos podem mesmo mudar a vida dos das ideias.
14 out 2016 • 15:30
João Ferreira

O impossível começou a ser possível com um sonho. O sonho nasceu no decorrer de uma conversa no sofá da sala de um dos três cofundadores daquela que, em poucos anos, se transformou na maior cimeira tecnológica e de empreendedorismo à escala global: a Web Summit. E que sonho foi esse? Simplesmente juntar os detentores de boas ideias para se criar um negócio, mas que não tinham nem dinheiro nem experiência empresarial e os que tinham essa experiência e uns milhões para investir nessas boas ideias.

É esta a essência da Web Summit que se realiza pela primeira vez em Lisboa de 8 a 10 de novembro. Os das ideias têm quinze minutos para mostrar o que valem ao pessoal dos milhões que raramente se enganam e percebem logo quando estão perante algo que tem "pernas para andar". A primeira edição da Web Summit juntou umas dezenas de curiosos. A última, no ano passado, já reuniu largos milhares.

O giro da coisa é que estes 15 minutos podem mesmo mudar a vida dos das ideias que podem conseguir financiamentos de milhares, ou mesmo milhões. Já aconteceu e vai voltar a acontecer. Numa destas cimeiras que até agora se realizaram sempre na Irlanda a UBER recebeu mais de trinta milhões. A edição de lisboa – que foi à luta com as melhores cidades do mundo e conseguiu trazer a cimeira para Portugal –, vai bater todos os recordes. Mais de 50 mil participantes, investidores e empreendedores de mais de 150 países e mais de 2000 mil start-ups, sendo que 66 são portuguesas.

Eu dou já a minha receita: acreditar sempre e nunca desistir por muito maus que sejam os piores momentos!

Newsletter
topo