Casado com uma fã do Dartacão

Ter uma mulher que lhe traz o pequeno-almoço à cama todos os dias é a coroa de glória do autor de ‘O Coração não tem Idade’.
20 mai 2017 • 00:30
Leonardo Ralha
A comemoração dos 30 anos de carreira talvez leve Toy a subir ao palco do Meo Arena em 2018, mas para assinalar o décimo aniversário do relacionamento com a segunda mulher bastou uma entrevista à ‘Nova Gente’ em que o cantor expôs as vantagens de ter a seu lado alguém bastante mais novo.

"Trouxe-me uma fase muito jovem da minha segunda juventude, pois temos 18 anos de diferença. Ela é da geração Dartacão, a mesma do meu filho. Cantava as canções que eu escrevia para a Ana Malhoa no ‘Buéréré’", disse Toy, descrevendo um estado de coisas que pode provocar arrepios, mas deve dar imenso jeito para desbloquear conversas nos jantares de família. Idades à parte, o cantor elogia de tal modo os afetos de Daniela que se arrisca a arranjar concorrência.

"É uma mulher que me traz o pequeno-almoço à cama todos os dias. Que me acorda com carinhos", disse, reconhecendo-lhe estatuto de musa de ‘O Coração não tem Idade’, seu próximo disco, parcialmente composto numa viagem do casal às Maldivas. E que conta com uma particularidade: "Só tem canções de amor. Os outros tinham sempre uma canção de intervenção ou de reivindicação". Não falta até quem comente que ‘Chama o António’ induziu a subida ao poder de António Guterres e de António Costa...

Ana Sofia Martins
Alegadamente melhor do que Kim Jong-Un
"Tenho a consciência de que a minha personalidade não é a mais adorável de todas, mas também não sou a pior pessoa do Mundo", confessou Ana Sofia Martins à ‘Lux’. E ao admiti-lo revela ser bastante modesta...

David Carreira 
Vínculo familiar em horário zero
David Carreira explicou à ‘Nova Gente’ as alterações na família: "Está a ser muito bom ser tio, apesar de não ter muito tempo, por enquanto, para desempenhar o papel". Talvez na sequela?

Jessica Athayde
Enquanto houver ilhas também há esperança
Porque é que Jessica Athayde vai sempre de férias para a Indonésia? "Ainda me falta conhecer imensas ilhas", referiu à ‘Lux’. Sendo 18 mil, é possível que um dia volte e já ninguém se recorde dela em ‘Morangos com Açúcar’.
Mais sobre
Newsletter
topo