PEIXES

CARTA II A PAPISA
27 dez 2016 • 00:01
Não pode ser muito directo no tratamento de questões afectivas. Trabalhe com qualidade; só assim marca a diferença.
Mais sobre
Newsletter
topo