Crónicas
Edição de Autor
Não há nada para celebrar!
por Miguel Azevedo
De efemérides Pedro Abrunhosa não quer nem ouvir falar.
  • Partilhe
SÁBADO 01 DEZEMBRO - 00H
Viagens... De efemérides Pedro Abrunhosa não quer nem ouvir falar. Para o ano, o disco com o qual se estreou em 1994, ‘Viagens’, faz 25 anos, mas para o músico não há motivos para comemorar. Se passar ao lado melhor.

"É precisamente pelo facto do ‘Viagens’ fazer 25 anos em 2019 que estou a lançar um novo disco agora. É para não ter de fazer nada. Nunca fui modesto em relação ao meu trabalho, mas que razões é que há para andar a celebrar?", questiona. "Eu não sou nada ligado a estas efemérides. Em vez que comemorar o passado, quero é celebrar o futuro.

Daqui a 25 anos havemos de estar a falar sobre como não comemorar os 25 anos deste novo disco. Aliás, eu já estou é a pensar no próximo. Até já sei como é vai ser". A caminho dos 58 anos, cita Paul Simon, "we are getting older, but that’s not unusual’, e diz que é no palco que se encontra.

A última digressão já ía com quatro anos, quando Pedro Abrunhosa se viu obrigado a abrandar o ritmo dos concertos para escrever novas canções. O novo disco foi gravado à moda antiga, com todos os instrumentos captados ao mesmo tempo num verdadeiro trabalho de ‘relojoaria’ ou ‘pura filigrana’, como diz. Segue-se agora a estrada e o palco.

"Os autores de canções não são como os autores de livros. O autor de um livro, lança-o e fica em casa. Pode ir à feira do livro dar uns autógrafos, mas a maior parte do tempo fica em casa. O músico não. Escreve o disco, a seguir vai para cima do palco e adeus família, desaparece".

Um dos próximos espetáculos está prometido para a avenida dos Aliados, no Porto, na passagem de ano, um sempre regresso a casa que é também um recuperar do tempo perdido. "Eu tenho 57 anos e só fiz os Aliados uma vez", começa por dizer.

"É que antes do Rui Moreira, o que existia era um buraco negro. O passagem de ano nos Aliados são uma invenção de Rui Moreira e tem quatro anos. Antes não havia celebração. Era a Idade Média".
Ler mais tarde
A notícia foi guardada na sua lista de notícias favoritas. Faça a gestão dessa área na sua conta.
Partilhe
0
Comente
0
mais crónicas de
Edição de Autor
horóscopo
EM DESTAQUE
SAGITÁRIO
23 NOVEMBRO - 21 DEZEMBRO
OUTROS SIGNOS
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina